Trazendo empreendedores e startups inovadores para o Chile

América Latina, Tecnologia, Economia e Finanças

Em 2010, o governo chileno estava preocupado que sua economia estava muito dependente da exportação de commodities, particularmente o cobre. Para diversificar sua economia e criar um clima de empreendedorismo, o governo iniciou a Start-up Chile, um programa acelerador e de inovação que encoraja empreendedores de todo o mundo a começar novas empresas no Chile.

Confira o case de inovação na íntegra!

Preencha os seus dados

e baixe o case de inovação completo!

Governo chileno buscou encorajar a mentalidade empreendedora; posicionar o país como o centro de inovação e empreendedorismo da América Latina; atrair jovens talentos empreendedores de todo o mundo para desenvolver startups nativas; e estimular o crescimento econômico em longo prazo.

O desafio

Até 2010, a posição econômica do Chile havia melhorado dramaticamente desde a queda da ditadura militar do General Pinochet, 20 anos antes. Entretanto, o país dependia muito de suas exportações de produtos primários, como cobre, cuja exportação respondia por um quarto do PIB do Chile.

A iniciativa

O governo viu uma oportunidade no crescente setor de tecnologia e desenvolveu uma estratégia para transformar o Chile em um centro de inovação na América Latina. Criou uma nova agência governamental, InnovaChile, e o programa Start-Up Chile, que lançou em 2010 como uma aceleradora para fomentar uma cultura de empreendedorismo no país.

Confira outros cases de inovação

Dados abertos em

São Francisco

Acompanhando iniciativas em outras cidades nos EUA e em outros lugares, São Francisco abriu seus dados ao público em 2009, tornando-os disponíveis por meio de seu portal de dados abertos, o DataSF.

Conheça o case

Banda Larga Rural

da Nova Zelândia

No ano de 2010, o governo da Nova Zelândia determinou como alta prioridade garantir que todos os seus cidadãos possam ser conectados a serviços digitais.

Conheça o case

Desenvolvimento de Inovação na Colômbia

Barcelona é um exemplo notório de arquitetura e design inovadores. Em 2008, a câmara municipal estabeleceu o Urban Lab, uma iniciativa de cidades inteligentes dentro do 22@Barcelona, um projeto de transformação urbana.

Conheça o case

BrazilLAB - inovação GovTech